sábado, 25 de fevereiro de 2012

Em memória de... porque quero celebrar é a vida...

No Baloiço da Vida


Menino que baloiçava
no baloiço de corda,
baloiça, baloiça agora
no baloiço da vida...

Menino que oscilava
numa corda segura,
oscila, oscila agora
com a corda partida...

Menino que disparava
a espingarda a brincar,
dispara, dispara agora
a espingarda a matar...

Menino que chorava
com o Mundo a seus pés,
chora, chora agora
neste mundo ao revés...

Menino que adorava
ser depressa um homem,
adorava, adorava agora
ser de novo menino...

Menino que baloiçava
no baloiço de corda,
baloiça, baloiça agora
no baloiço da vida...

(Poema copiado do livro "Novas Flores para Crianças" 7ª edição - Imagem copiada do Blog Alice Jean's)

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...